Compartilhar

O comércio eletrônico no Reino Unido representará 53% do total de vendas no varejo do país até 2028. Alguns fatores que impulsionam esse crescimento online, são: a Geração Z e Millennials serão metade da população adulta em dez anos; é mais rápido; mais barato; entrega em domicílio; redução das lojas físicas.

Atualmente, o comércio eletrônico no Reino Unido representa 19,2% do total de vendas no varejo. Espera-se que cresça para 33,8% até 2024 e até 53% até 2028.

Online impulsiona a maioria do varejo nos próximos 10 anos

Isso pode ser concluído a partir do relatório Digital Tipping Point, da Retail Economics. Ele aponta que, com tecnologia, novos modelos de negócios e melhorias de conectividade, além das mudanças no mercado imobiliário e geracionais, os canais de varejo físico e online se misturam. Porém, ainda assim o online impulsionará a maioria das vendas no varejo nos próximos dez anos.

A Retail Economics prevê que as vendas online ultrapassarão as de lojas entre 8 e 10 anos. Os números do online, por sua vez, representarão 53% do total de vendas no varejo até 2028.

Razões pelas quais online impulsionará a maioria das vendas no varejo

De acordo com a pesquisa, os 10 motivos mais importantes pelas quais o online impulsionará a maioria das vendas no varejo são:

  • evolução da jornada do cliente;
  • evolução do gasto online;
  • importância da idade para penetração de categoria;
  • aumento do ritmo e gasto no online;
  • Geração Z e os millennials;
  • entregas domiciliares mais rápidas e baratas;
  • menos lojas, o que impulsiona os consumidores online;
  • melhor conectividade e dispositivos mais potentes;
  • novos modelos de negócios de varejo;
  • aumento da inteligência artificial.

fonte: Ecommerce Brasil

Compartilhe:
Artigos Relacionados
Recomendamos para você